5 lições de Marketing de Conteúdo para aprender com Against the Gods

No Comments

O Marketing de Conteúdo é uma maneira de engajar com seu público-alvo e crescer sua rede de clientes e potenciais clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso, atraindo, envolvendo e gerando valor para as pessoas.

E caso você não saiba, Against the Gods é uma história popular da literatura chinesa, mais especificamente uma web novel. Mas, o que são as web novels? São as histórias que são escritas diretamente para a internet, sem uma padronização entre séries de números de linhas por capítulo; normalmente, web novel é quando o autor está escrevendo e quer divulgar o trabalho, sendo uma distribuição gratuita e que qualquer pessoa pode ler.

Vamos agora contar essa história e saber como você pode aplicar algumas dessas ideias na produção e atualização dos seus conteúdos.

1. Não tenha medo de criar algo inovador

Durante toda a história o protagonista de Against the Gods – Yun Che, mostra que ele não tem medo de inovar, até mesmo quando sua mestra diz que ele não irá conseguir fundir o Fogo e o Gelo, devido a circunstâncias especiais ele cria algo totalmente novo e muito poderoso.

E é isso que você deve tirar de lição como marca: não tenha medo de se posicionar e de pensar fora da caixa. Não siga a maré — faça conteúdo único e inovador.

2. Seja autêntico

Durante o progresso da novel percebemos que o protagonista é sempre galanteador e se envolve em problemas para salvar aqueles que ele considera importantes em sua vida. Mas, isso é algo que faz com que os fãs da obra se sintam ainda mais engajados com o personagem.

O que você, como marca, pode aprender com isso? A não esquecer quem você é e no que você acredita. Não se force a seguir as tendências do momento se isso não condiz com o posicionamento da sua empresa.

Mantenha sua originalidade, seus valores como empresa e pode ter certeza que você terá seguidores e clientes muito mais interessados e engajados na sua mensagem.

3. Tenha um planejamento bem feito

Antes de Yun Che entrar em uma briga, ele observa e planeja. Muitos leitores entendem isso como uma forma de  “enrolação” criada pelo autor, mas na verdade trata-se da preparação do personagem. Pois a partir disso ele sempre leva em consideração a totalidade, e como ele deverá entrar em cena. E sempre, é claro, ele faz de suas entradas algo triunfal.

Leve isso como exemplo: sem planejamento e um calendário editorial bem definidos seu blog e suas estratégias de marketing de conteúdo não terão os resultados que você espera.

4. Mensagem boa é mensagem compreensível

Algo muito presente nesta web novel é que o autor deixa tudo interligado, mesmo que você não compreenda alguma parte no momento, em um próximo capítulo você entenderá.

Por isso é importante ter uma compreensão clara de para quem você está escrevendo. Seu conteúdo pode ser uma obra-prima, mas, se ninguém entendê-lo, não será útil para ninguém.

5. Forme boas alianças

No decorrer da web novel, o protagonista faz alianças estratégicas afim de buscar oportunidades para evoluir ainda mais rápido.

Essa estratégia é básica no mundo da web novel: sem as alianças certas, você pode morrer e perder todo o poder que um dia sonhou ter. No Marketing de Conteúdo funciona da mesma maneira (mas com menores consequências, claro): é impossível sobreviver sozinho no meio do marketing digital.

Aprenda com a novel Against the Gods

Acabamos de ver lições valiosas desta web novel chinesa para ampliar suas estratégias de marketing de conteúdo. Se inspire!

Profissional de Marketing, Especialista em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais, com 4 anos de experiência em Marketing Digital.

Sobre nós e este blog

Somos uma empresa de marketing digital com foco em ajudar nossos clientes a alcançar grandes resultados.

Solicite um orçamento

Oferecemos serviços profissionais que ajudam a sua empresa se destacar usando os meios digitais.

Inscreva-se em nossa lista!

Os campos marcados com * são obrigatórios

Últimas publicações

Veja todas as publicações
No Comments
 

Deixe um comentário